top of page
Buscar
  • Foto do escritorGabrieli Azevedo

Cozinha aberta: a cozinha como ambiente social


cozinha aberta integrada com a sala com divisórias de portas de correr de madeira e uma ilha central, mulher abre a porta da lavanderia de vidro canelado


Com o surgimento da agricultura e do gado, as pessoas começaram a acumular alimentos em estoque, o que levou à necessidade de espaços dedicados para armazenamento e cozimento. Assim, as primeiras cozinhas foram criadas como espaços separados para cozinhar, armazenar e preparar alimentos.


Com o passar dos séculos, a cozinha evoluiu e se adaptou às necessidades da época. Na Idade Média, por exemplo, as cozinhas eram espaços grandes e separados da casa principal, devido às precauções contra incêndios e às necessidades de cozinhar para grandes quantidades de pessoas.


As cozinhas no Brasil Colônia eram bem diferentes das cozinhas que conhecemos hoje. Durante a época colonial, as cozinhas eram pequenas e geralmente localizadas fora da casa principal, também devido às precauções contra incêndios e à falta de espaço. Essas cozinhas eram geralmente equipadas com uma lareira ou fogão a lenha e eram usadas para cozinhar as refeições.


cozinha aberta integrada com a sala, balcão de pedra branca com duas banquetas da loja Cremme

Na era moderna, a cozinha evoluiu para se tornar um ambiente mais integrado e acolhedor na casa. Isso foi impulsionado pelo desenvolvimento da tecnologia de cozinha, como fogões, geladeiras e micro-ondas, que tornaram a cozinha mais funcional e fácil de usar.

Depois, com o surgimento do movimento modernista da Bauhaus, as cozinhas começaram a ser vistas como espaços mais integrados e funcionais na casa. A Bauhaus valorizou o design funcional e a simplicidade, e isso foi refletido nas cozinhas, que passaram a ser projetadas com linhas retas e formas simples, além de serem equipadas com tecnologias para tornar a cozinha mais eficiente e fácil de usar.



Podemos notar então que a cozinha moderna se desenvolveu ao longo da história como resposta às necessidades econômicas, tecnológicas e sociais da época, além de se tornar mais aberta e integrada ao living, o que permitiu que ela se transformasse também em um espaço social na casa. Isso reflete a mudança no papel da cozinha na sociedade, que passou a ser vista como um ambiente importante não apenas para a preparação de refeições, mas também como local de convivência e entretenimento. Por isso, a ideia de uma cozinha aberta faz tanto sentido para nós hoje em dia.



duas mulheres andam por uma cozinha aberta e integrada com a sala, abrindo portas do armário e geladeira, com uma ilha central com cooktop

Com o impacto da pandemia, houve uma mudança significativa na relação das pessoas com este ambiente. Com o aumento do tempo em casa devido às medidas de distanciamento social, as pessoas passaram a cozinhar mais frequentemente e a valorizar ainda mais a cozinha como espaço de convívio e diversão.


É possível perceber que, ao longo da história, diversos fatores influenciaram diretamente a configuração mutável deste ambiente, fazendo com que ele se torne ainda mais importante como espaço de sociabilização e lazer.


Você também acha que a cozinha virou um ambiente importante para o convívio social? Deseja um projeto para seu lar? Vamos conversar!

Entre em contato com a gente!



Comments


bottom of page